Blog da UC de Gestão de Comunidades de Aprendizagem online
pesquisar neste blog
posts recentes

Balanço final do trabalho por projeto

Balanço do Projeto de Intervenção

Balanço Geral

As decorações do Natal

Reflexão Intermédia

O Diário de Turma e o Conselho de Turma!

A importância do estágio supervisionado para a formação de professores

Alguma angústias e preocupações durante a prática pedagógica

Estratégias !

Momento de autonomia das crianças

arquivos

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

participar

participe neste blog

Segunda-feira, 9 de Dezembro de 2013
Projeto de Intervenção "À descoberta do Mundo"

 

 

Olá caro grupo!

Neste post queremos apresentar o nosso projeto de intervenção relativo à unidade curricular de Seminário de Intervenção Educacional A2 (SIEA2), tendo como temas fulcrais a Sensibilização à Diversidade Linguística e Cultural (SDLC) e a Educação para a Cidadania/ Direito à Comunicação (EC/DC).

A nossa prática pedagógica durante as intervenções semanais de responsabilidade individual (última fase) está totalmente envolvida no projeto de intervenção que estamos a desenvolver, não sendo esquecidos os interesses e motivações das crianças, pois todo este projeto é organizado consoante as ideias delas, ideias essas que foram discutidas entre todos na primeira semana de desenvolvimento do projeto.

O nosso trabalho de projeto é constituído por cinco semanas (três sessões em cada semana). Em cada semana é explorado/trabalhado um país diferente (Egito, Brasil, França e Guiné-Bissau), sendo que estes quatro países estão relacionados com o grupo de trabalho. As atividades realizadas em cada semana de intervenção são idênticas para todos os países tendo como atividades a exploração dos costumes e gastronomia de uma forma específica; trabalho de pesquisa realizado pelas crianças de forma a perceberem qual a realidade desse país para posteriormente construir a maquete com os conhecimentos adquiridos com a visualização dos vídeos e imagens; dança típica executada com acessórios caraterísticos da cultura e atividade linguística. No entanto, existe uma atividade (realizada sempre à terça feira de manhã) que não é comum no trabalho realizado, como exemplos temos:

- Egito: os diferentes percursos de Portugal até ao Egito; que transportes utilizar;

- Brasil: os animais em vias de extinção e as causas da sua extinção;

- França: as diferenças/semelhanças entre os jardins-de-infância (Portugal) e école maternelle (França);

- Guiné-Bissau: em desenvolvimento.

Para avaliação dos resultados do nosso projeto temos como instrumentos de recolha de dados a videogravação, notas de campo e grelha de avaliação das atividades preenchida por cada elemento do grande grupo com o auxílio da díade e entrevistas que irão ser feitas às crianças na última semana de projeto de intervenção (próxima semana).

 

 

Beijinhos e continuação de um bom trabalho :)

 

Gisela Silva e Inês Alves 



publicado por ines-luciana às 19:55

De marisaasilva a 9 de Dezembro de 2013 às 22:29
Olá meninas :)

Deixem-me começar por dizer que gostei do vosso projeto e da forma como o abordam. Apesar de não estar ligada a estes temas considero que são importantes, uma vez que permitem às crianças ter a consciência da existência de outras línguas, o contacto com outros costumes e tradições,...
Gostei também do facto de terem atendido aos interesses das crianças e planear o vosso projeto de acordo com estas ideias. É importante que as crianças se sintam ouvidas e pertencentes àquele contexto, tendo também um papel ativo nas suas aprendizagens, não se limitando a executar aquilo que foi pensado pelo educador e, muitas vezes sem envolvimento de ambas as partes. Face a isto sentiram que tinham um grupo motivado para estas atividades? E que iam ao encontro do que as crianças pretendiam?
Queria também saber como foram realizadas estas sessões. Em grande grupo? Caso contrário, como escolheram os alunos que iriam participar nas sessões?
Nas sessões havia o contacto com as diversas línguas, para além das pesquisas realizadas pelas crianças?

Continuação de bom trabalho para esta reta final :)

Beijinhos,
Marisa


De ines-luciana a 10 de Dezembro de 2013 às 12:58
Olá Marisa : )

Obrigada pelos teus comentários em relação ao nosso projeto.
Sendo este projeto construído essencialmente por eles é normal que a sua motivação seja ainda maior. Temos como exemplo disso, o facto de inicialmente estarem organizados grupos específicos para cada país (cada um deles com cinco elementos), mas deparamo-nos com uma grande motivação por parte de outros elementos o que fez com que nós organizássemos diferentes grupinhos ficando responsáveis por diferentes atividades. Esta motivação e interesse sem dúvida que surgiu durante estas semanas pelo simples facto de estas crianças perceberem que eram as suas ideias a ser desenvolvidas.
Em relação à realização das sessões todo o grupo participa pelo menos em duas atividades, as outras duas são feitas por grupinhos de quatro/cinco crianças. Os grupos são constituídos por crianças que se mostram entusiasmadas, um dos grupos é o “tal” específico do país e o outro são elas que pedem para trabalhar.
Nas sessões nós damos-lhes a conhecer um pouco da língua, dizendo lhes algumas palavras e expressões de cada país.


Continuação de um bom trabalho : )
Beijinhos,
Gisela Silva e Inês Alves


Comentar:
De
Nome

Email

Url

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados



Email

Password


Este Blog tem comentários moderados


Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Autores
Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
17
19

24
25
26
27
28

29
30
31


tags

todas as tags

subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários