Blog da UC de Gestão de Comunidades de Aprendizagem online
pesquisar neste blog
posts recentes

Balanço final do trabalho por projeto

Balanço do Projeto de Intervenção

Balanço Geral

As decorações do Natal

Reflexão Intermédia

O Diário de Turma e o Conselho de Turma!

A importância do estágio supervisionado para a formação de professores

Alguma angústias e preocupações durante a prática pedagógica

Estratégias !

Momento de autonomia das crianças

arquivos

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

participar

participe neste blog

Quarta-feira, 4 de Dezembro de 2013
O meu projeto

 Olá meninas :)

Hoje venho-vos dar a conhecer o meu projeto, foi implementado numa sala do pré-escolar e realizado por crianças entre os 4 e os 5 anos.

O meu projeto tem como tema provérbio e matemática e estava dividido em 5 sessões.

Ao longo destas sessões foram vários os conceitos que foram trabalhados, tanto relacionado com os provérbios como com a matemática.

Inicialmente, numa primeira sessão, fizemos uma dramatização do provérbio " A união faz a força". Esta dramatização consistia no tradicional jogo da corda. Enquanto que de um lado da corda estavam 5 crianças, do outro lado apenas estava uma. Desta forma pretendia-se iniciar o contacto das crianças com os provérbios. Foi dada a sua definição (adaptada à faixa etária das crianças), ensinamos o provérbio cujo tinha feito a sua dramatização e pedimos às criaças que no dia seguinte trouxessem um provérbio. Provérbios estes que foram analisados na segunda sessão.

Na terceira sessão demos inicio à matemática. Levá-mos cinco provérbios em que haviam números e as crianças tinham de identificar o que estes tinham em comum (os números), a partir daí trabalhamos o sentido de número, as crianças tinham de identificar vários números representados de diversas formas e por último realizaram uma ficha sobre os números.

Na quarta e quinta sessão trabalhamos a adição e a subtração com as barras cuisinaire. Iniciámos sempre as sessões com provérbios que eram o nosso ponto de partida para as restantes atividades, "descodificavamos" o que o provérbio queria dizer, pois assim era mais fácil a sua compreensão por parte das crianças.

Explicamos as crianças o que eram as contas de somar e subtrair e com as barras cuisinaire trabalhamos estas mesmas operações.

Na adição, as crianças através das barras tinham de compor uma conta cujo resultado fosse 6, enquanto que na subtração, eu dava a conta e elas tinham de chegar ao resultado.

O projeto foi implementado com sucesso e atingidos os objetivos definidos.

Como correu o vosso projeto? Atingiram os objetivos definidos?

Mudariam alguma coisa nas sessões que realizaram?

Continuação de bom trabalho.

bjinhos para todas

Ivete Teixeira



publicado por imgt às 15:48

16

De mrmo a 4 de Dezembro de 2013 às 23:01
Olá Ivete :)

Primeiramente gostaria de saber como foi organizado o desenvolvimento do projeto com o grupo de crianças com quem estás a implementá-lo. Ou seja, trabalhaste com todo o grupo de crianças ao longo do projeto ou se fizeste grupos para cada sessão, por exemplo.

Considero que quando referes “Iniciámos sempre as sessões com provérbios que eram o nosso ponto de partida para as restantes atividades, "descodificavamos" o que o provérbio queria dizer, pois assim era mais fácil a sua compreensão por parte das crianças”, mostras que tens o cuidado de tentar “descodificar”, como referes, o que estás a desenvolver para que todas as crianças compreendam o que está a ser trabalhado.

Gostaria de saber que evidências possuis que te levam a afirmar que o teu projeto de intervenção e de investigação foi implementado com sucesso e os objetivos definidos atingidos.

Continuação de bom trabalho!
Beijinho.
Márcia Oliveira


De imgt a 5 de Dezembro de 2013 às 09:26
Olá Márcia.
O projeto foi implementado com o grupo das crianças dos 5 anos e com duas de 4 anos.
As sessões eram realizadas na parte da tarde, enquanto os mais pequenos dormiam a sesta. Achámos que as atividades seriam um pouco complexas para as crianças dos 3 anos. Contudo, no final das sessões os mais velhos faziam um apanhado do que tinha sido trabalhado para os mais novos, exceto as sessões de matemática.
As evidências que possuo que me levam a afirmar que os objetivos definidos foram atingidos foi a forma com decorreram as sessões, que te permitem obter um feedback, e mais tarde a análise dos dados.
Continuação de bom trabalho.
bjs
Ivete Teixeira


De danielafferreira a 4 de Dezembro de 2013 às 23:45
Olá Ivete :)

Gostei do teu post, uma vez que dás-nos a conhecer o tema do teu projeto e descreves de forma simples o que fizeste em cada sessão.
Gostava de saber como é que as crianças reagiram ao tema do teu projeto? As crianças já estavam familiarizadas com o tema provérbios?
O meu projeto está a correr bem, sendo visível com o decorrer das atividades.


Continuação de bom trabalho.
Beijinhos,
Daniela Ferreira


De imgt a 5 de Dezembro de 2013 às 09:16
Olá Daniela
As crianças reagiram bem ao tema do projeto. A primeira atividade iniciou-se de uma forma mais lúdica como referi no post, o que de certa forma foi uma motivação para o que vinha a seguir.
No entanto, as crianças não estavam nada familiarizadas com o tema provérbios.
Fiquei mesmo com a impressão que nunca tinha ouvido falar em provérbios. Contudo, agora já sabem dizer o que é um provérbio e até já sabem alguns provérbios.
Continuação de bom trabalho.
Bjs
Ivete Teixeira


De joanaazevedo a 4 de Dezembro de 2013 às 23:54

Olá, Ivete!

Gostei do teu post, pois de uma forma clara dás-nos a conhecer em que consistia o teu projeto e o que fizeste em cada uma das sessões.
Ao ler o teu post, um aspeto chamou-me a atenção. Referes que foram “(…)atingidos os objetivos definidos”, gostaria de saber quais são esses objetivos?
O meu projeto correu bem , encontrando-me agora na fase da análise dos dados.
Continuação de bom trabalho :)
Beijinhos,
Joana Ferreira


De imgt a 5 de Dezembro de 2013 às 09:22
Olá Joana
Com a implementação deste projeto pretendia que alguns objetivos fossem cumpridos. Os objetivos são os seguintes:
- identificar textos da cultura tradicional portuguesa (provérbios);
- associá-los a valores importantes na vida em comunidade;
- desenvolver competências em educação matemática no domínio dos números e das operações.
No final das 5 sessões, e através da recolha de dados, posso afirmar que estes objetivos foram atingidos.
As crianças são capazes de definir um provérbio, com ajuda são capazes de descodificar a mensagem por trás do provérbio e são capazes de resolver contas de somar e subtrair.
Continuação de bom trabalho.
bjs
Ivete Teixeira


De baptista a 5 de Dezembro de 2013 às 11:33
Olá Ivete :)

Considero o teu post interessante, pois dá-nos a conhecer o teu projeto de intervenção e de investigação.

No entanto, depois de o ler, gostaria de saber como fizeste a gestão das sessões, isto é, em que momentos ou em que dias implementavas as sessões do teu projeto?

O que te leva a dizer que o projeto foi implementado com sucesso? Devido ao facto de os objetivos definidos terem sido atingidos com sucesso?

A implementação do meu projeto não aconteceu por sessões, tal como o teu. Ao longo da prática pedagógica fomos desenvolvendo em todos os momentos que pudéssemos atividades que envolvessem a autorregulação das crianças.

Continuação de bom trabalho.

Beijinho.

Sandra Baptista.


De imgt a 5 de Dezembro de 2013 às 22:07
Olá Sandra :)
As minhas sessões foram implementadas à segunda e à terça da parte da tarde.
Sim, o que me leva a dizer que o projeto foi implementado com sucesso pois os objetivos foram atingidos com sucesso.
Continuação de bom trabalho.
Bjinhos
Ivete Teixeira


De joanafpereira a 5 de Dezembro de 2013 às 22:45
Olá Ivete :)

Após ler o teu post algo me chamou logo a atenção. Referes que as crianças realizaram uma ficha sobre os números". Não será um pouco cedo para a realização de fichas, uma vez que as crianças ainda se encontram no ensino pré-escolar? Em que moldes essa ficha foi feita? Quais os itens nela contidos? Qual a avaliação que fizeste dessa ficha? Não seria mais vantajoso para as crianças se continuasses a tua sessão com um jogo mais dinâmico envolvendo várias situações onde trabalhasses o significado de número? Através de um applet, por exemplo. Gostaria de saber como é que as crianças reagiram à ficha e se já tinham feito algo semelhante.
Relativamente ao meu projeto, este foi feito através de um acompanhamento diário com as crianças do meu estudo de caso. Estou a acompanhar 4 crianças, sendo que 2 delas evidenciam problemas de concentração e algum distanciamento da realidade. As restantes são um termo de comparação pois, aparentemente, estão a adaptar-se bem ao 1.ºano. Um apoio mais individualizado e algumas atividades onde a concentração tem de estar mais presente, são constituintes do meio projeto.

Continuação de um bom trabalho!
Beijinhos
Joana Pereira


De imgt a 5 de Dezembro de 2013 às 23:06
Olá Joana
As crianças que realizaram a ficha têm anos, apesar de ainda frequentarem o pré-escolar penso que será importante familiarizarem-se com os números. A ficha era do número 1, 2 e 3 e inicialmente as crianças tinham de passar por cima do tracejado o movimento correspondente à "escrita" do número e à posteriori tinham de passar o número por cima do tracejado.
Apesar de as crianças terem reagido bem à ficha e a terem realizado sem demonstrar dificuldades, após ler o teu comentário penso que também poderia ter utilizado algo mais dinâmico para continuar o significado de número.
Continuação de bom trabalho.
bjinhos
Ivete Teixeira


De carolina-dias a 6 de Dezembro de 2013 às 00:44
Ola Ivete,

obrigada pela partilha do que realizaste para o teu relatório de estágio.
Estive a ler todos os comentários das colegas e penso que as questões formuladas pelas mesmas são pertinentes e eram algumas que, após ter lido o teu post, também suscitaram dúvidas. Desta forma, de maneira a não estar a repetir-me perguntando o mesmo, aproveito para felicitar-te sobre o teu projeto. Não deve ser fácil trabalhar questões como o provérbio e a matemática interligados e, ainda para mais, com crianças tão pequenas.
Relativamente às tuas questões, no geral penso que correu bem. Não era obrigatório realizarmos atividades relacionadas com a nossa temática, mas quisemos realizar 4 atividades que incidissem mais sobre o tema, por forma a também termos uma observação mais focalizada nas questões da autoestima e das competências sociais. Penso que conseguimos atingir os nossos objetivos uma vez que, como estamos a realizar estudos de caso, as crianças evoluíram desde o início até agora nas questões que queríamos observar. Nas atividades que realizámos o que mudávamos apenas é a realização das atividades com as crianças que estamos a analisar e não em grande grupo. Em grande grupo a agitação instalou-se e a atividade demorava mais tempo.
E tu? Não mudavas nada nas tuas sessões?

Continuação de bom trabalho :)

Beijinho, Carolina.


De imgt a 6 de Dezembro de 2013 às 11:33
Olá Carolina :)
A única coisa que penso que mudaria, foi como já referi à Joana, era a ficha dos números. Apesar de a atividade ter corrido bem, não quer dizer que tirasse as fichas mas realizaria atividades mais lúdicas de forma a trabalhar o sentido do número.
Mas penso que seria a única coisa, digamos, que adaptaria.
Ainda bem que o teu projeto também correu bem.
Continuação de bom trabalho.
Ivete Teixeira


De marisaasilva a 6 de Dezembro de 2013 às 10:23
Olá Ivete :)
Antes de mais posso felicitar-te pelo sucesso do teu projeto.
Vou tentar não repetir, pois também fiquei esclarecida com algumas respostas anteriores.
Como surgiu a escolha deste tema? Visto que são crianças ainda no pré-escolar e, onde não visa o desenvolvimento de competências escolares. No sentido de não ser obrigatório possuir o carácter escolarizante.
As crianças já tinham tido algum contacto com provérbios e o sentido do número, por exemplo? Ou iniciaram no teu projeto?
Achas que as tuas atividades foram ao encontro dos interesses das crianças, proporcionando-lhes alegria e prazer durante as mesmas?
Respondendo à tua pergunta, o meu projeto visou essencialmente num acompanhamento de uma criança com baixa autoestima, utilizando estratégias para a compreender e tentar auxiliar neste processo, fazendo um estudo de caso. Uma vez que esta não é uma competência que pode ser trabalhada através de algumas atividades e analisar os resultados.

Continuação de bom trabalho :)
Beijinhos, Marisa


De imgt a 6 de Dezembro de 2013 às 11:28
Olá Marisa :)
A escolha do tema surgiu em conversa com a orientadora de PPS. Sugeriu-nos que pensássemos em alguns temas que gostássemos de trabalhar. Eu disse que gostava de trabalhar provérbios uma vez que é algo que faz parte da nossa cultura e ela sugeriu que interligássemos a matemática. Achei boa ideia e a partir daí foi só planificar as atividades.
As crianças transmitiram a ideia de que nunca tinham tido contacto com provérbios, contudo com os números o caso já era diferente, as crianças já sabiam contar, conheciam os números e havia crianças que inclusive já sabiam fazer contas de somar e subtrair.
Penso que as crianças realizaram as atividades com interesse e entusiasmo, quando questionadas se gostaram das atividades diziam que sim e algumas das vezes queriam-nas repetir.
Espero ter esclarecido todas as tuas dúvidas :)
Continuação de bom trabalho.
bjinhos.
Ivete Teixeira


De ssd a 8 de Dezembro de 2013 às 12:47
Bom dia Ivete...

Acho a tua temática de projeto muito interessante, pois conseguiste interligar a área da matemática e a área de português, tendo em conta a interdisciplinariedade.
Uma vez que só trabalhaste com as crianças dos 4 e 5 anos, o que faziam as restantes durante a implementação do projeto?
Nunca demonstraram interesse em participar?
Tinhas alguma responsabilidade na planificação das atividades que eram desenvolvidas em simultâneo com o teu projeto?

Relativamente ao meu projeto, penso que não poderia ter corrido melhor, e juntamente com a minha colega de díade, consegui atingir todos os objetivos estabelecidos.

Beijinho e continuação de um bom trabalho!

Sabrina Duarte


De imgt a 10 de Dezembro de 2013 às 12:52
Olá Sabrina :)
As restantes crianças estavam a dormir enquanto trabalhávamos com as restantes crianças.
Era eu que planificava todo o dia, as atividades do projeto e as que não faziam parte.
Continuação de bom trabalho.
Bjinhos
Ivete Teixeira


Comentar post

Autores
Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
17
19

24
25
26
27
28

29
30
31


tags

todas as tags

subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post