Blog da UC de Gestão de Comunidades de Aprendizagem online
pesquisar neste blog
posts recentes

Balanço final do trabalho por projeto

Balanço do Projeto de Intervenção

Balanço Geral

As decorações do Natal

Reflexão Intermédia

O Diário de Turma e o Conselho de Turma!

A importância do estágio supervisionado para a formação de professores

Alguma angústias e preocupações durante a prática pedagógica

Estratégias !

Momento de autonomia das crianças

arquivos

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

participar

participe neste blog

Quinta-feira, 28 de Novembro de 2013
1º Sessão do projeto - O que é uma máquina

Olá, hoje vimos partilhar com vocês a 1.ª sessão oficial do nosso projeto. Nesta sessão as crianças estavam divididas em grupos de 3, cada grupo teria 3 objetos, e teria que classificá-los como máquinas e não máquinas

.

O objetivo foi desmistificar uma conceção alternativa sobre o facto de quando as crianças pensam em máquinas, imaginarem máquinas de lavar, carros, elevadores que são muito complexas e são movidas por motores (Buschel & Lenox, 2009), algo que sabemos não ser real, pois uma simples tesoura é uma máquina, e não tem motor, nem é deveras complexa. Além de ser uma conceção identificada pela literatura, também a pudemos comprovar na realização de uma entrevista semiestruturada, nas semanas anteriores, onde demos às crianças uma série de objetos para que estas pudessem escolher os que consideravam máquinas e não máquinas. Como podem imaginar, a maioria das crianças associou o termo “máquina” a objetos elétricos ou com um motor. Podem visualizar na imagem seguinte as ideias prévias das crianças:

 

Desta forma, pareceu-nos crucial ter como ponto de partida uma sessão que clarificasse o conceito de máquina, uma vez que o projeto será desenvolvido em torno de máquinas simples, permitindo assim um esclarecimento de conceitos e a desconstrução de algumas conceções alternativas que poderiam ser impeditivas na construção de algumas aprendizagens ao longo do projeto. Harlen (2008) afirma que o ensino das ciências desde os primeiros anos é essencial para que as crianças não criem ideias erradas, construídas intuitivamente desde cedo.

 

Bibliografia:

Buschel, A.; Lenox, S. (2009). Simple Machines – The Pulley System. Acedido a 20 de novembro em: http://www.personal.psu.edu/anb5027/blogs/di_block/The%20Pulley%2System.pdf

 

Harlen, W. (Ed.) (2010). Principles and big ideas of science education (pp. 6-50). Hatfield:Association for Science Education

 

 

E vocês que pensam do facto de termos iniciado o projeto desmistificando uma concepção alternativa das crianças sobre a temática?

Bom trabalho e beijinhos,

Ângela e Andreia


tags:

publicado por angelasofia às 19:25

De carolina-dias a 29 de Novembro de 2013 às 00:34
Boa noite Andreia e Ângela,

obrigada por partilharem as atividades que estão a realizar para o vosso relatório de estágio. Quantas sessões planearam? E pensam que através das sessões planeadas conseguem atingir os objetivos que estipularam de uma maneira geral? Já agora quais são?
Fizeram bem em realizar à priori uma entrevista às crianças de maneira a conhecerem um pouco o que as crianças já sabem sobre esta temática das máquinas. Desta forma também vos ajuda a entender o que podem planear e para criarem atividades que fiquem no limiar das capacidades das crianças. Porém, e sendo a área das ciências uma temática abrangente, na escolha de trabalharem as máquinas tiveram em atenção se era uma temática que as crianças gostam, ou não tiveram isso em conta? Tinham mesmo que trabalhar este tema?
Concordo com o autor que escolheram, Harlen (2008) que se deve trabalhar desde cedo o ensino das ciências com as crianças. Desde o pré-escolar que as crianças são curiosas e querem saber sempre mais, em temáticas como os animais, a galáxia ou mesmo o corpo humano. Digo isto porque na sala do pré-escolar em que estou a estagiar, as crianças, apesar de não terem nenhuma área destinada às ciências, gostam sempre de saber mais e apenas consigo satisfazer-lhes a curiosidade através da leitura de livros que têm na área da biblioteca sobre isto. Concordam que se deve trabalhar desde o pré-escolar? Sabem de outra maneira que posso trabalhar, mais a minha colega de estágio, as ciências sem ser através dos livros?
A desmistificação ou a exploração de alguma temática, na minha opinião, deve ser sempre o primeiro passo. Quando planificamos devemos ter isso em conta, pois se partimos para as atividades sem esclarecer primeiro as crianças, estas vão-se sentir perdidas na realização da mesma. Resultado, vão ter níveis baixos de implicação e vão fazê-la por fazer. Assim, devemos começar por explicar bem o que pretendemos, responder às dúvidas iniciais e cativá-las! O trabalho posterior correrá melhor :)

Continuação de bom trabalho e aguardo pelas restantes atividades. Boas experiências! :)

Beijinho, Carolina.


Comentar:
De
Nome

Email

Url

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados



Email

Password


Este Blog tem comentários moderados


Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Autores
Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
17
19

24
25
26
27
28

29
30
31


tags

todas as tags

subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários