Blog da UC de Gestão de Comunidades de Aprendizagem online
pesquisar neste blog
posts recentes

Balanço final do trabalho por projeto

Balanço do Projeto de Intervenção

Balanço Geral

As decorações do Natal

Reflexão Intermédia

O Diário de Turma e o Conselho de Turma!

A importância do estágio supervisionado para a formação de professores

Alguma angústias e preocupações durante a prática pedagógica

Estratégias !

Momento de autonomia das crianças

arquivos

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

participar

participe neste blog

Quarta-feira, 27 de Novembro de 2013
A Maior Flor do Mundo

 

 

Olá meninas!!

 

Vimos falar-vos e apresentar-vos o nosso projeto de intervenção referente à unidade curricular de SIEA2.

Assim sendo, este tem como temas principais a Sensibilização à Diversidade Linguística e Cultural (SDLC) e o Desenvolvimento Sustentável (DS). 

O nosso projeto partiu da leitura e compreensão da obra “A Maior Flor do Mundo" de José Saramago, sendo que através desta foi possível dar início à exploração das diferentes temáticas, ou seja, a dimensão ambiental do DS (problemas ambientais, animais em vias de extinção e plurilinguismo) e a dimensão económica do DS (Portugal na Europa e Portugal na União Europeia, consumo responsável, Comunidade dos Países de Língua Portuguesa e direitos linguísticos e culturais).

Como podem observar na imagem, ao longo do desenvolvimento das sessões do projeto, os trabalhos realizados pelos alunos foram expostos na sala, criando assim a ligação do nosso projeto. É visível a maior flor do mundo e o que esta representa (de acordo com a obra), onde os alunos escreveram nas suas folhas o que é possível fazer para proteger o Planeta, as flores com pétalas de diferentes cores representam a biografia linguística de cada aluno, onde em cada pétala os alunos escreveram as línguas que falam, as línguas com que já contactaram, as línguas que não gostam e aquelas que gostariam de aprender, formando assim o jardim linguístico da turma.

Em relação aos animais em vias de extinção, os alunos realizaram um trabalho de grupo, onde cada um realizou um cartaz sobre um animal em vias de extinção e, posteriormente afixou a sua imagem no seu país de origem.

Ainda no planisfério, foi localizado Portugal no Mundo, na Europa e os países que pertencem à União Europeia, assim como os países que formam a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

Ao longo das nossas sessões utilizámos alguns instrumentos de recolha de dados, nomeadamente, inquérito por questionário aos alunos, a biografia linguística, notas de campo, diário das descobertas, vídeogravação e fichas de sistematização.

Os alunos têm demonstrado interesse e curiosidade acerca destas temáticas e participam ativamente na execução das atividades e durante o diálogo que é realizado com eles.  

Beijinhos e continuação de um bom trabalho! J

 

 

Carla e Márcia 



publicado por marciaandreia às 17:03

De mrmo a 27 de Novembro de 2013 às 20:56
Olá meninas :)

Achei o vosso projeto muito interessante, mas também desafiante, uma vez que está em causa a sensibilização das crianças para a diversidade linguística e cultural e para o desenvolvimento sustentável.

Gostei muito do nome “Jardim linguístico da turma”, penso que está original e vai ao encontro da vossa temática.

Ao ler o vosso post houve algo que me chamou à atenção, nomeadamente quando referem que “ […] as flores com pétalas de diferentes cores representam a biografia linguística de cada aluno, onde em cada pétala os alunos escreveram as línguas que falam, as línguas com que já contactaram, as línguas que não gostam e aquelas que gostariam de aprender”. Gostaria de saber o que vão desenvolver ou o que já desenvolveram a partir das flores com pétalas de diferentes cores, como por exemplo, se as crianças vão ter a oportunidade de contactar um pouco com uma língua que gostassem de aprender.

Continuação de um bom trabalho!
Beijinho.
Márcia Oliveira.


De marciaandreia a 10 de Dezembro de 2013 às 12:02
Olá márcia,

Antes de mais muito obrigada pelo teu comentário.
Relativamente à tua questão, tudo o que os alunos escreveram na sua flor linguística são elementos importantes para recolha de dados, para sabermos quais os conhecimentos prévios dos alunos, neste acaso acerca das diferentes línguas que existem e que estes têm conhecimento. Desta forma, o que os alunos escreveram como língua que gostariam de aprender/contactar foi tido em conta para a elaboração e escolha das línguas a serem abordadas nas sessões. Como por exemplo, os alunos referiram muitas vezes o interesse pelo russo, então numa atividade tiveram contacto com essa língua. Esse contacto foi muito interessante uma vez que o russo faz parte de um alfabeto diferente e com caracteres diferentes dos nossos.

Continuação de um bom trabalho!

Beijinhos,
Carla e Márcia.


Comentar:
De
Nome

Email

Url

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados



Email

Password


Este Blog tem comentários moderados


Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Autores
Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
17
19

24
25
26
27
28

29
30
31


tags

todas as tags

subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários