Blog da UC de Gestão de Comunidades de Aprendizagem online
pesquisar neste blog
posts recentes

Balanço final do trabalho por projeto

Balanço do Projeto de Intervenção

Balanço Geral

As decorações do Natal

Reflexão Intermédia

O Diário de Turma e o Conselho de Turma!

A importância do estágio supervisionado para a formação de professores

Alguma angústias e preocupações durante a prática pedagógica

Estratégias !

Momento de autonomia das crianças

arquivos

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

participar

participe neste blog

Quinta-feira, 14 de Novembro de 2013
Caracterização da realidade pedagógica

Boa dia meninas.

A nossa prática pedagógica supervisionada A2 está a decorrer na escola EB1 do Solposto numa turma do 2º ano com 20 alunos.

Assim como todas as turmas, a nossa caracteriza-se por ser um grupo heterogénio ao nível dos conhecimentos, isto porque temos alunos muito bons e autónomos e alguns com muitas dificuldades na aprendizagem, que necessitam de muito apoio individualizado. Para além destas crianças temos um aluno com NEECP (Necessidades Educativas Especiais de Carácter Permanente) com um Projeto Educativo Individual (PEI), pelo que necessita de ter sempre alguém que o apoie na realização de todas as tarefas. 

Ainda nesta turma temos presente na sala de aula um aluno que se encontra a rever as aprendizagens adquiridas no primeiro ano, estando a realizar de novo as atividades do livro de português do 1º ano. Assim como o aluno com NEECP, este também necessita de muito apoio individualizado. Este aluno é muito imaturo, pelo que não consegue implicar-se nas atividades propostas sem que alguém esteja do seu lado a incentivá-lo. Como o seu nível de implicação é muito baixo, facilmente se distrai e perturba constantemente os colegas. 

Com a descrição que apresentamos, podem constatar que realmente se trata de uma turma muito heterogénia que requer muito esforço por parte das professoras (cooperante e estagiárias) para conseguir atender às necessidades de cada aluno.

 

Perante esta heterógeneidade uma das nossas grandes dificuldades é conseguir gerir o tempo necessário para a realização das tarefas. Os alunos que adquirem facilmente as aprendizagens, geralmente terminam as atividades rapidamente em comparação aos alunos com mais dificuldades. Deste modo é necessário planificarmos atividades para os alunos que terminam mais cedo. 

Inicialmente propunhamos a estes alunos que realizassem outras tarefas, mas temos vindo a notar que eles têm demorado mais tempo na realização da atividade, para não terem de realizar uma nova tarefa. Assim, perante esta situação, pensamos que deveríamos propor a estes alunos atividades mais lúdicas, uma vez que já cumpriram com a tarefa proposta. 

 

Gostaríamos assim de saber a vossa opinião relativamente a este aspeto. O que acham se criassemos um cantinho com atividades mais lúdicas para estes alunos? Será que isto não seria também uma motivação para os alunos que demoram mais tempo a realizar as atividades? Têm alguma sugestão?

 

Beijinhos das vossas colegas,

Ana Vivas e Sabrina Duarte



publicado por ssd às 10:11

De mrmo a 21 de Novembro de 2013 às 20:05
Olá meninas :)

Gostaria de saber como é que se estão a sentir, neste fase de prática pedagógica, relativamente à criança com NEE. Tem sido uma experiência enriquecedora para vós? De que forma?

Como é que têm feito para gerir os tempos mortos, pois pelo que percebi há crianças que terminam as atividades rapidamente enquanto que outras necessitam de mais tempo.

Referiram que é necessário planificarem atividades para quem termina mais cedo, mas quem termina mais tarde, tem a oportunidade de fazer as mesmas atividades que as restantes?

Eu acho muito interessante esse cantinho com atividades lúdicas. Mas como é que estavam a pensar gerir esse cantinho?

Continuação de um bom trabalho!
Beijinho.
Márcia Oliveira.



De ana-vivas a 2 de Dezembro de 2013 às 17:06
Olá Márcia.

A nossa experiência com um aluno com NEECP tem sido enriquecedora na medida em que nos é possível ver de que forma a professora cooperante gere a turma com um aluno com estas necessidades que precisa de muito apoio individualizado.
Nós não sentimos muito a responsabilidade por este aluno, pois não somos nós que planificámos as suas atividades e que o acompanhamos na realização das tarefas, uma vez que tem uma professora de ensino especial e quando esta não está, durante a nossa intervenção, é a professora cooperante que o acompanha.

Em relação aos alunos que terminam mais cedo a realização das atividades, tentámos sempre atribuir-lhes outras atividades, como por exemplo, terminarem trabalhos e pinturas inacabadas, e temos ao dispor dos alunos um pequeno dossiê com pequenas fichas que contêm jogos sobre a ortografia.
Os alunos que terminam as atividades mais tarde, não realizam estas atividades.

No que diz respeito ao cantinho com atividades lúdicas, este destina-se aos alunos que terminam mais cedo. Dependendo das atividades podem realizá-las no próprio lugar ou então no cantinho da sala de forma a não distrair os restantes alunos.

Beijinhos
Ana Vivas e Sabrina Duarte


Comentar:
De
Nome

Email

Url

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados



Email

Password


Este Blog tem comentários moderados


Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Autores
Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
17
19

24
25
26
27
28

29
30
31


tags

todas as tags

subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários