Blog da UC de Gestão de Comunidades de Aprendizagem online
pesquisar neste blog
posts recentes

Balanço final do trabalho por projeto

Balanço do Projeto de Intervenção

Balanço Geral

As decorações do Natal

Reflexão Intermédia

O Diário de Turma e o Conselho de Turma!

A importância do estágio supervisionado para a formação de professores

Alguma angústias e preocupações durante a prática pedagógica

Estratégias !

Momento de autonomia das crianças

arquivos

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

participar

participe neste blog

Terça-feira, 29 de Outubro de 2013
Caracterização do contexto de estágio
Este semestre encontramo-nos a estagiar numa escola EB1 do Agrupamento de Escolas de Aveiro. Neste momento, nesta escola funciona apenas o 2.º, 3.º e 4.º anos de escolaridade.
Estamos a estagiar numa turma de 3.º ano de escolaridade, constituída por 26 alunos, dos quais 9 meninos e 17 meninas.
Durante o período de observação foi-nos possível observar os gostos e interesses dos alunos, as estratégias utilizadas pela professora e também as possíveis dificuldades que poderíamos vir a enfrentar.
A sala é um espaço agradável e apresenta uma boa luminosidade natural. Além disso, a sala possui quadro interativo, computador e datashow, o que permite tornar as nossas intervenções mais dinâmicas. Por exemplo, podemos usar o computador e o datashow para projetar um vídeo.
Os alunos são curiosos, interativos e bastantes participativos, querendo saber sempre mais. Além disso, são muito criativos e imaginativos nas atividades que realizam, por exemplo, na elaboração de poemas. Neste tipo de atividades, os alunos tentam dar formas diferentes aos poemas e ilustrá-los de forma original.
No entanto, há crianças que distraem-se com mais facilidade, necessitando de mais acompanhamento durante as atividades.
Durante esta segunda fase, as intervenções têm corrido bem. No entanto, sentimos alguma dificuldade na gestão do tempo. Uma outra dificuldade foi em conseguir que os alunos que se distraem mais facilmente permanecessem atentos à atividade. Para resolver esta dificuldade tentámos manter um maior contacto com esses alunos, nunca descuidando a turma.
Estamos a gostar bastante de estagiar nesta escola de 1.º ciclo do Ensino Básico. Fomos bem recebidas por todos (docentes, não docentes e alunos), tendo uma boa relação com todos. Ao sentirmo-nos bem na escola, faz com que haja um bom ambiente e, por conseguinte, ajuda-nos a ter uma melhor intervenção.


Daniela Ferreira e Joana Ferreira
tags: , ,

publicado por danielafferreira às 00:20

De mrmo a 5 de Novembro de 2013 às 22:28
Olá meninas :)

No semestre anterior, eu e a Sandra também estivemos a desenvolver a nossa prática pedagógica em contexto de 1.º Ciclo do Ensino Básico, nomeadamente no 4.º no de escolaridade. Apesar de ser um ano diferente do vosso há aspetos que são transversais, e por isso, espero poder contribuir para o vosso desenvolvimento profissional através de sugestões ou recomendações fundamentais para esse desenvolvimento.

Considero que durante o período de observação, observaram aspetos fundamentais para a vossa prática, tal como:os gostos e interesses dos alunos, as estratégias utilizadas pela professora e também as possíveis dificuldades que poderíamos vir a enfrentar. No entanto, gostaria de saber quais são as dificuldades que sentem que poderão vir a enfrentar e que estratégias estão a pensar utilizar para ultrapassar essas dificuldades. Para além disto, gostaria de saber de que modo o conhecimento que obtiveram acerca do gosto e interesses dos alunos e das estratégias utilizadas pela professora poderá ser uma mais-valia para as vossas intervenções.

No meu período de observação, nomeadamente na reflexão que realizei sobre essa fase, também referi o mesmo que voçês, mas numa fase posterior e com um maior distanciamento voltei a questionar-me sobre o que tinha escrito e foi então que percebi que não bastava só referir o que aprendi mas sobretudo explicar de que modo o que aprendi poderá influenciar a minha prática, sendo que depois voltei a comentar a minha própria reflexão, referindo que este conhecimento permite-nos adotar estratégias ou atividades que promovam a aprendizagem das crianças mas que ao mesmo tempo possam ir ao encontro dos interesses dos alunos, mencionando que sabia que nem sempre podemos agradar nas atividades que desenvolvemos mas ao conhecer as dificuldades e necessidades de cada criança poderemos mobilizar estratégias que nos ajudarão a cativar a sua atenção e deste modo promover a sua aprendizagem.

Apesar da fase de observação já ter terminado não se esqueçam que é importante que o professor mantenha um espírito observador, pois isso possibilita reflexões, questionamentos e mudanças de atitudes que melhoram e aperfeiçoam a prática docente e o processo de ensino-aprendizagem que deve existir numa sala de aula.

Para além das questões que referi anteriormente, gostaria de saber como têm gerido a questão dos tempos mortos? Se é que vos acontece. Eu refiro a questão dos tempos mortos porque há sempre crianças que terminam primeiro do que outras e é importante mantê-las envolvidas no tema que estão a abordar ou na atividade que estão a realizar, sendo que inicialmente foi uma das minhas dificuldades que após reflexões da minha prática fui ultrapassando. Comecei por levar um desenho no fim da folha e, posteriormente comecei a levar atividades complementares para as crianças que terminam mais cedo e, sinceramente, considero que é mais importante levar atividades que estejam integradas com o tema do que uma imagem para pintar embora relacionada com o tema, pois promove um maior desenvolvimento da criança porque como é uma atividade complementar permite que a criança desenvolva outras capacidades e competências. No entanto, considero que tudo depende da atividade que estamos a realizar com as crianças.

Espero por uma resposta vossa em breve :)

Desejo-vos muita sorte para a implementação do vosso projeto :)

Beijinho.
Márcia Oliveira.




Comentar:
De
Nome

Email

Url

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados



Email

Password


Este Blog tem comentários moderados


Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Autores
Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
17
19

24
25
26
27
28

29
30
31


tags

todas as tags

subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários