Blog da UC de Gestão de Comunidades de Aprendizagem online
pesquisar neste blog
posts recentes

Balanço final do trabalho por projeto

Balanço do Projeto de Intervenção

Balanço Geral

As decorações do Natal

Reflexão Intermédia

O Diário de Turma e o Conselho de Turma!

A importância do estágio supervisionado para a formação de professores

Alguma angústias e preocupações durante a prática pedagógica

Estratégias !

Momento de autonomia das crianças

arquivos

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

participar

participe neste blog

Segunda-feira, 28 de Outubro de 2013
Excerto da reflexão presente na caracterização do contexto

 Aqui podem ler um pequeno excerto, para que a leitura não seja muito maçadora, sobre uma pequena parte da nossa reflexão, realizada em período de observação, tendo em conta o nosso projeto de investigação-ação:

 

(…) Relativamente à nossa intervenção futura, pensamos que o facto de as crianças trabalharem em grupo desde o 1º ano irá contribuir para o sucesso do nosso projeto de investigação ação, projeto este que necessita que as crianças tenham desenvolvidas algumas atitudes e valores que proveem deste tipo de trabalho, como o espirito de entreajuda e o respeito pela opinião dos outros, fundamentais à realização de uma atividade do tipo investigativo.

Pudemos igualmente constatar que, nesta sala, não são realizadas atividades do tipo investigativo, o que irá exigir um maior esforço da nossa parte para ensinar as crianças a trabalharem como pequenos cientistas na resolução de problemas - prevendo, planificando e testando hipóteses. Ao mesmo tempo, o facto de estas crianças não terem qualquer tipo de contacto com este tipo de atividade prática, poderá proporcionar um maior impacte do projeto nelas e em nós, como futuras profissionais de educação que certamente se depararão com crianças que nunca realizaram atividades deste tipo, sobre as quais teremos que trabalhar intensivamente para que desenvolvam as competências que este tipo de atividade requer. (…)

Bom trabalho,

Andreia Silva e Ângela Soares


tags:

publicado por andreiacsilva às 19:08

5

De samantacaleiro a 4 de Novembro de 2013 às 19:40
Olá meninas :)

Gostei da vossa reflexão na medida em que apresentam as estratégias adotadas pela professora titular e em que sentido poderá ter influência no que pretendem para o vosso projeto. Calculo que ao referirem que irão ensinar as crianças a trabalharem como pequenos cientistas na resolução de problemas a vossa área seja as ciências. Contudo, gostaria de saber qual o tema do vosso relatório final de estágio e se já começaram a implementação do projeto de forma a alcançarem, suponho, um dos vossos objetivos - tornar as crianças como pequenos cientistas.

Beijinho,
Samanta Caleiro


De mrmo a 5 de Novembro de 2013 às 21:53
Olá meninas :)

Concordo com a Samanta, penso que será importante referirem concretamente em que se baseia o vosso projeto de intervenção e de investigação, qual é o vosso foco, para que possamos, se for necessário, contribuir com sugestões ou recomendações de leituras ou até mesmo de atividades que podem beneficiar o vosso projeto.

Penso que esta parte da vossa reflexão mostra que estiveram atentas durante o período de observação, permitindo-vos tomar partido do trabalho que a professora tem desenvolvido com as crianças.

Gostaria de saber se definiram capacidades investigativas gerais que desenvolverão com as crianças ou se especificarão objetivos concretos para os vossos dias de intervenção.

Considero que ao trabalhar com as crianças atividades do tipo investigativo estão a inovar no ensino das ciências, uma vez que este ensino deixa de ser uma mera transmissão de conteúdo. Para além deste aspeto é fundamental trabalhar com as crianças as ciências desde os primeiros anos porque promove o desenvolvimento e maturação de capacidades intelectuais, promove a aprendizagem centrada na ação e na reflexão sobre a própria ação, estimula as crianças a aprender e a compreender o mundo que as rodeia, pois a ciência e as suas aplicações tecnológicas estão presentes no nosso quotidiano, tornando-se fundamental promover a familiarização das crianças com elas (Martins, I., et al. 2007).

Espero que consigam alcançar os vossos objetivos :) Boa sorte :)

Beijinho.
Márcia Oliveira

Martins, I., Veiga, M., Teixeira , F., Tenreiro-Vieira, C., Vieira, R., Rodrigues, A., & Couceiro, F. (2007). Educação em Ciências e Ensino Experimental - Formação de Professores. Ministério da Educação. Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular.




De angelasofia a 8 de Novembro de 2013 às 10:28
O projeto consiste na realização de uma abordagem integradora, com orientação cts, sobre máquinas simples. No meu caso sobre alavancas e no caso da andreia sobre planos inclinados.
Quando referimos que as crianças não realizam atividades do tipo investigativo não foi apenas dos dados recolhidos no periodo de observação, mas sim através de uma entrevista semi-estruturada realizada às crianças, na qual tentamos recolher dados relativamente aos seus conhecimentos sobre o tema, às suas capacidades científicas e as suas atitudes e valores. Como poderão ver, durante todo o projeto vamos implementar diversas atividades do tipo investigativo e não só, sobre a tematica acima referida, fazendo uma interligação com todas as áreas do saber.
O projeto têm dois objetivos de investigação específicos, um para perceber o impacte deste na aprendizagens das crianças, a nível de conhecimentos capacidades, atitudes e valores e o impacte que terá em nós enquanto futuras profissionais de educação.
Respondendo à Marcia, que colocou uma pergunta bastante pertinente, sim temos definidas capacidades científicas (todas as que envolvem o tipo de trabalho investigativo - utilizar instrumentos de medida, formular previsões, formular questões problemas, planificar um ensaio com variáveis.... entre muitas outras) e não só ! A nível de conhecimentos, atitudes e valores também :)

Atualizando, já efetuamos algumas sessões sobre o projeto e iremos fazer um post atualizando-vos de tudo :)


De baptista a 10 de Novembro de 2013 às 15:56
Olá meninas :)

O facto de apostarem nas ciências com crianças pequenas é muito importante para lhes despertar o gosto e o interesse pelas ciências desde os primeiros anos. O seu ensino torna-se mais importante desde os primeiros anos, uma vez que as crianças têm muitas mais potencialidades e os primeiros anos assemelham-se a períodos ótimos de aprendizagem. Com os passar dos anos, estas crianças serão mais capazes de participar ativamente na sociedade na qual estarão integradas.

As ciências são uma área tão importante como a Língua Portuguesa ou como a Matemática e, por isso, não pode ser descorada.

Tal como vimos na unidade curricular de Didática das Ciências Naturais e Sociais, a verdade é que a ciência está em tudo e, por isso, é uma forma que nos permite ver aquilo que nos rodeia.

Continuação de bom trabalho :) Espero que estejam a gostar.

Beijinho.

Sandra Baptista.


De andreiacsilva a 14 de Novembro de 2013 às 20:20
Apesar de dar MUITO trabalho, estamos a adorar fazer atividades do tipo investigativo com as crianças. Elas nunca tinham feito e mantêm-se sempre muito interessadas por mais tempo que demorem.
Além disso, com este tipo de atividade conseguimos abordar as diferentes áreas numa só atividade, pois permite que existam muitas discussões interessantes entre as crianças que faz com que desenvolva o seu pensamento, espírito crítico e a sua linguagem; a recolha e análise dos dados que as crianças recolhem ao longo da atividade exige que apliquem e desenvolvam muitos conhecimentos matemáticos.
Sentimos que as crianças estão a ganhar uma nova noção de ciências que não conheciam :)

Obrigada pelos comentários!

Andreia Silva


Comentar post

Autores
Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
17
19

24
25
26
27
28

29
30
31


tags

todas as tags

subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post