Blog da UC de Gestão de Comunidades de Aprendizagem online
pesquisar neste blog
posts recentes

Balanço final do trabalho por projeto

Balanço do Projeto de Intervenção

Balanço Geral

As decorações do Natal

Reflexão Intermédia

O Diário de Turma e o Conselho de Turma!

A importância do estágio supervisionado para a formação de professores

Alguma angústias e preocupações durante a prática pedagógica

Estratégias !

Momento de autonomia das crianças

arquivos

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

participar

participe neste blog

Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2012
Implementação do Projeto de SIE (Cátia)

            Este post tem como objetivo dar-vos a conhecer o projeto de SIE que desenvolvi durante a prática pedagógica.
            O tema basilar do meu projeto de seminário centrou-se no papel que a leitura desempenha no ensino e aprendizagem da ortografia.
A leitura influencia diretamente o desempenho dos alunos na expressão e produção escrita e, simultaneamente, a prática da escrita pode influenciar o desempenho em compreensão na leitura.

Escolhi esta problemática tendo em conta o trabalho desenvolvido durante o ano passado na Unidade Curricular de Didática da Língua Portuguesa, relacionado com a temática do ensino/aprendizagem da ortografia no 1º Ciclo e a adoção do novo Acordo Ortográfico, que me cativou o meu interesse.

Neste seguimento, realizei com a turma de 4º ano da minha prática pedagógica deste semestre cinco sessões.

Na primeira sessão deste estudo dei continuidade à temática solidariedade, abordada anteriormente pela minha colega de estágio.

Comecei por apresentar à turma um pequeno vídeo intitulado “Chicken à la Carte”, de  Ferdinand Dimadura. Seguidamente, explorámos em grande grupo uma apresentação das principais características do texto narrativo, revendo alguns conceitos que os alunos já conheciam. Após a apresentação sugeri que a turma se dividisse em grupos de quatro elementos e escrevessem, um texto narrativo sobre a temática, cumprindo as regras da narrativa. Depois pedi a cada grupo que revesse o seu texto com recurso a uma lista de verificação que fiz. Quando terminaram a sua revisão os grupos trocaram os textos de forma a fazerem uma nova revisão e consequente avaliação.

 

 

 

            Na segunda sessão, iniciámos a aula com uma atividade de ditado em que ditei aos alunos algumas palavras: piscina; havia; oferecer; perguntar; ponte; bomba; onde; trompa; vigilante; viajar; majestade; ranger; aquário; água; portátil; àquilo; de repente; em cima; de seguida; de súbito; depois; quase; de seguida e naquela.

            Depois chamei ao quadro um aluno de cada vez para escrever a palavra e, caso estivesse errada, corrigíamos em grande grupo e conversámos ainda sobre o porquê de essa palavra estar mal escrita e sobre as estratégias que podíamos adotar para não cometer esses erros.

            Apresentei ainda uma tabela que os alunos ajudaram a preencher com os erros que tinham cometido nos textos escritos na sessão anterior. 

 

             Na terceira sessão do nosso estudo começámos por abordar a temática do Novo Acordo Ortográfico e quais as principais alterações na escrita de algumas palavras com a sua implementação. Neste seguimento, fiz uma apresentação alusiva à temática referida anteriormente.

            Depois realizámos um jogo de aplicação de conhecimentos intitulado “Acordando”. Este jogo tinha como objetivo analisar palavras corretas ou incorretas e, recorrendo às estratégias adquiras na sessão anterior, justificar se estava certa ou errada.

Cada palavra correta correspondia a um ponto, ganhou o grupo que conseguiu corrigir mais palavras.

 

 Na quarta sessão pretendi colocar os alunos perante um texto escrito com lacunas para que, através da sua leitura, conseguissem completá-lo corretamente.

            Assim, comecei por apresentar à turma o livro “A surpresa de Handa” de Eileen Browne. Fiz algumas atividades de pré-leitura, como algumas questões, lemos o livro e fizemos um reconto oral como atividade de pós-leitura.

Posteriormente entreguei a cada aluno o texto da história que tinham acabado de ouvir, mas com algumas lacunas. Cada lacuna continha três opções de preenchimento, isto é, tinha a mesma palavra mas escrita de três formas diferentes, sendo apenas uma a correta. Os alunos tinham que identificar a correta e explicar porque é que as outras estavam erradas

.

 

Na quinta e última sessão solicitei aos alunos que redigissem, individualmente, um texto narrativo alusivo ao natal. Durante a sua escrita os alunos poderiam recorrer aos dicionários e às gramáticas que tinham.

Posteriormente entreguei uma lista de verificação de regras de ortografia para que os alunos consolidassem a temática e revissem os seus textos.

            O principal objetivo desta sessão foi perceber se os conceitos ensinados e os temas abordados foram adquiridos corretamente e consolidados, ou seja, se nos últimos textos produzidos os alunos cometiam mais, os mesmos, ou menos erros ortográficos.

.

 

Cátia


tags: ,

publicado por catiaduarte às 18:58

De dominique-carocho a 1 de Janeiro de 2013 às 19:20
Olá Cátia.
Considero que as actividades que idealizaste para abordar a temática foram bem conseguidas e parece-me a mim bastante interessantes e que conseguem implicar os alunos no seu próprio processo de aprendizagem. No entanto fiquei sem saber se realmente notaste aprendizagens com o que fizeste, como avaliaste essas aprendizagens, que instrumentos estas a pensar utilizar para analisar os resultados obtidos? Faço-me entender? Descreves todo o percursos vivido, mas penso que falta uma reflexão final sobre o que sentiste, o que aprendeste, o que os alunos aprendêramos, se a tua intervenção terá feitor sentidos para aqueles alunos, etc.? Isto não passa de uma boa critica construtiva. Beijinho enorme

Dominique


De catiaduarte a 1 de Janeiro de 2013 às 22:10
Olá Dominique, tens toda a razão esqueci-me mesmo de refletir... Quanto às conclusões que fiz após a análise dos textos dos alunos e das atividades que realizámos verifiquei que, na maior parte das vezes, os alunos não corrigiram os erros ortográficos presentes nos textos isto porque, distraíram-se um pouco e não refletiram sobre o que escreveram. Porém, não podemos esquecer que para obtermos resultados positivos neste tipo de atividade é necessário tempo e algum treino, pois os nossos alunos não realizam atividades deste carácter com regularidade.
Para avaliar o resultado destas atividades recolhemos os textos produzidos nas diferentes sessões, de forma a perceber se existiu alguma evolução ou não; os dados do jogo também ficámos com o registo dos alunos e eu estruturei, assim como fiz para todas as minhas aulas, uma tabela onde eram colocadas as metas de aprendizagem a atingir e avaliei numa escala de A a D, sendo que A- Excelente B- Muito Bom C- Bom D- Suficiente.

No que diz respeito às minhas intervenções, penso que, na sua generalidade, correram bem, senti que tive alguma evolução, uma vez que no início me sentia mais insegura e mais nervosa.

Ficarão para sempre registados na minha memória os momentos de entusiasmo e motivação, experienciados pelos alunos. Todo o esforço, trabalho e horas de dedicação para a planificação das aulas eram recompensados pelos sorrisos, pelos abraços e pela constante questão: “Professora, podemos fazer outra vez?” Demonstrando o gosto, o bem-estar e a implicação de toda a turma nas temáticas que tive oportunidade de abordar e nas atividades que pude realizar.

Espero ter esclarecido as tuas dúvidas :)
beijinhos grandes**


Comentar:
De
Nome

Email

Url

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados



Email

Password


Este Blog tem comentários moderados


Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Autores
Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
17
19

24
25
26
27
28

29
30
31


tags

todas as tags

subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários