Blog da UC de Gestão de Comunidades de Aprendizagem online
pesquisar neste blog
posts recentes

Balanço final do trabalho por projeto

Balanço do Projeto de Intervenção

Balanço Geral

As decorações do Natal

Reflexão Intermédia

O Diário de Turma e o Conselho de Turma!

A importância do estágio supervisionado para a formação de professores

Alguma angústias e preocupações durante a prática pedagógica

Estratégias !

Momento de autonomia das crianças

arquivos

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

participar

participe neste blog

Terça-feira, 18 de Dezembro de 2012
4 - Implementação do projeto de SIE (Dominique)

                Neste post irei falar sobre a implementação do meu projeto de SIE, inicialmente falarei um pouco sobre o surgimento desta temática interligada com os conteúdos a abordar no 2º ano de escolaridade, depois descrevo as atividades realizadas de uma forma sucinta, depois encontra-se uma pequena reflexão sobre o percurso, tendo em conta aquilo que não correu tão bem e que mudaria e por fim encontram-se algumas fotografias ilustrativas do vivido.

A temática que está subjacente ao meu projeto de SIE está relacionada com a Convenção sobre os direitos das crianças, mais concretamente o artigo 2, ou seja, com as questões das diferenças raciais e culturais, pensei que seria importante os alunos conhecerem as diferentes culturas e raças, pois só assim as poderão compreender e respeitar. Só gostamos e só respeitamos aquilo que realmente conhecemos! Por forma a enquadrar a minha temática articulando-a com os conteúdos que temos que abordar procurei desenvolver uma gestão intercultural do currículo/ programa do 2º ano.

            A partir do momento em que as intervenções passaram a ser semanais de responsabilidade individual, decidi então aprofundar a minha temática. Para tal, dei a conhecer inicialmente aos alunos o mapa-mundo e os diferentes continentes, em que através de questões fui sondando os alunos sobre o conhecimento que já possuíam do ano anterior relativamente a esta temática e puderam assim reconstruir novo conhecimento através daquele que já possuíam. Para abordar esta temática elaborei um mapa-mundo em tecido com os diferentes continentes que ficou na sala de aula e onde posteriormente os alunos colocaram imagens de alguns aspetos culturais dos continentes que fomos abordando. Para além disto, a turma foi dividida em grupos, cada grupo montou um puzzle de um continente diferente e depois apresentou à turma o continente que tinha e os aspetos que via presentes nesse continente. De seguida, estudámos um pouco sobre as raças existentes com maior incidência nos diferentes continentes e fizemo-lo através de um projeto que os alunos acompanham desde o 1º ano, o ALFA, que é uma espécie de extra-terrestre que veio para a terra para estudar e que tem vários amigos, que os alunos já tinham conhecido no 1º ano. Alguns desses amigos do Alfa são de outros continentes, inclusive têm raças diferentes. Analisámos essas raças e colocámos no mapa esses mesmos amigos do Alfa nos seus respetivos continentes.

            Nesta mesma semana estudámos ainda, alguns aspetos culturais do continente Europeu, tais como a abordagem a conceitos matemáticos, nomeadamente a noção de número natural, a noção de inclusão e a decomposição com a ajuda das Matrioskas (bonecas originárias da Rússia), em que para além dos conceitos matemáticos fiz notar aos alunos o nome e a origem destas bonecas; as profissões típicas da Europa, fazendo alusão para o facto de serem típicas mas não exclusivas; animais típicos e as suas características e construímos um instrumento musical típico de Espanha, as castanholas, cada aluno construiu o seu com materiais possíveis de reutilizar (tampas de garrafas ou iogurte, pedaços de cartolina e cola) e para finalizar confecionámos um prato típico italiano, as pizzas.

            Na semana seguinte, estudámos o continente asiático e o africano. No continente asiático, os alunos tiveram oportunidade de experimentar comer arroz com pauzinhos, os hashi, de conhecer o Tangram e o Ábaco, o Mikado e as profissões típicas. No continente africano, os alunos conheceram um conto tradicional africano sobre crocodilos, um instrumento musical típico e uma música, as profissões típicas e um jogo muito jogado em África que ajuda no desenvolvimento do cálculo mental, conhecido por Wari.

            Na última semana, estudámos o continente Americano e a Oceânia. No continente Oceânia, estudámos as profissões típicas, os animais típicos e o fenómeno natural dos vulcões, onde realizámos uma atividade experimental sobre vulcões e o seu funcionamento. No que diz respeito ao continente Americano, estudámos os animais típicos, a dança da Capoeira, onde veio uma professora de Capoeira demonstrar esta luta disfarçada de dança e falar-nos um pouco sobre a cultura brasileira, confecionámos um bolo típico do Brasil conhecido por bolo de Fubá, conhecemos a origem do Halloween e experimentámos um jogo típico mexicano, a piñata e o chapéu típico, o sombrero.

            Finalizada a intervenção, há aspetos sobre os quais eu gostaria de refletir particularmente. Se fosse hoje mudaria duas situações: optava por abordar um continente por semana, porque o tempo era escasso e muitas vezes notei que houve aspetos culturais que não ficaram tão bem consolidados pela grande quantidade de informação que ia sendo disponibilizada e nunca faria tantas atividades em apenas dois dias como aconteceu com o continente asiático e africano, faltou sistematização, foram abordados muitos conteúdos, muitas regras novas e não houve verdadeiro tempo para reflexão, sistematização e assimilação.  

 

Dominique


tags: , ,

publicado por dominique-carocho às 17:02

7

De catiaduarte a 25 de Dezembro de 2012 às 17:00
Olá Meninas :)

Primeiro queria dizer-vos que gostei muito da temática dos segredos, é um tema engraçado e que permite realizar muitas atividades, como vocês mesmo fizeram.

Quanto à temática das famílias sei por experiência própria que é muito engraçado abordar o tema e o livro que escolheram é excelente. No ano passado também abordámos este tema mas apresentamos o livro dafamília,http://www.slideshare.net/guestf75494/livro-da-familia.

Gostei muito, parabéns :)


De catiaduarte a 25 de Dezembro de 2012 às 17:07
Desculpa dominique, o comentário era este: Olá Dominique,

Em primeiro lugar penso que foi muito importante iniciares o teu post com um primeiro parágrafo situando-nos fazendo um apanhado dos tópicos que ias abordar.
Concordo plenamente quando afirmas que "Só gostamos e só respeitamos aquilo que realmente conhecemos!", sem dúvida todos nós passamos a dar outro valor, outra importância quando conhecemos verdadeiramente alguém ou alguma coisa. Fizeste uma boa abordagem da temática pois considero que a atividade do mapa é importante, no sentido em que dás a possibilidade à turma de manusear materiais e explorar as diferenças que existem entre cada continente.
Porém discordo contigo relativamente a conceito que usaste, não sei se propositadamente ou por engano, quando utilizas o termo "raças" referes-te a que "raças diferentes"?
Concordo contigo quando referes que podias ter abordado um continente por semana, permitiria uma maior consolidação de conhecimentos.
Quero ainda referir que, após a leitura do post, gostei muito das atividades que realizaste com a turma e que o facto de utilizares diferentes materiais é uma mais valia, pois permites aos alunos um contacto mais próximo com as culturas e costumes de outros países. Parabéns!


De dominique-carocho a 25 de Dezembro de 2012 às 20:10
Olá Cátia. Como sabes antes de implementarmos a nossa temática de sie, tivemos que nos fundamentar teoricamente, fazer revisão de toda a literatura que possa estar relacionada com o nosso tema. Os primeiros conceitos que procurei foi de cultua, etnia e raça. Quanto ao conceito de raça está, nas varias definições que vi, relacionada com a cor da pele sobretudo. Exemplos, a raça branca e a negra onde existem elevados níveis de racismo entre ambas. Como já deves saber vim passar o Natal com a minha família na África do Sul e não tenho comigo o enquadramento teórico, dai que não possa esclarecer-te muito mais. Desculpa. Posso tentar fazê -lo quando regressar. Beijinho
Dominique


De catiaduarte a 30 de Dezembro de 2012 às 14:57
Olá Dominique,

Não é necessário recorreres ao enquadramento teórico, eu só perguntei porque queria saber se ainda se utilizava o termo "raça", tinha algumas dúvidas. Mas agora já compreendi que sim, que realmente se utiliza. Penso que estas sobre este tema há sempre muitas dúvidas, por exemplo na minha sala a Professora cooperante dizia aos alunos "o menino de cor preta", tu que estás mais informada nesta área é assim que devemos dizer ou o típico "menino preto"?

obrigada desde já pela tua disponibilidade. :)
beijinhos*


De claudiarmarques a 26 de Dezembro de 2012 às 21:11
Olá Dominique!
Em primeiro lugar quero dar-te os parabéns pelo trabalho magnífico que desenvolves-te com essas crianças, pela tua descrição tive vontade de ser criança e de ter assistido às tuas aulas. Tal como sabes esse foi o meu primeiro grupo de estágio e por isso tenho um carinho especial por eles, e é bom poder acompanhar as suas descobertas e aprendizagens. Com uma temática um pouco difícil para ser abordada com crianças do 2º ano, penso que conseguiste desenvolver um ótimo trabalho, conseguiste articular todas as áreas de conteúdo em torno do teu projeto de seminário o que por vezes se torna um grande desafio, assim como, conseguiste levar para a sala de aula atividades um pouco diferentes das habituais que se verificavam nesse contexto, o que na minha opinião devem ter sido uma mais-valia para todos.
Tal como referes o tempo foi escasso e não deu para refletir e observar muitas alterações, mas mesmo assim gostava de saber se conseguiste alcançar os teus objetivos. Com todas essas atividades as crianças ficaram despertas para o facto de na nossa sociedade ainda existir racismo? Qual é o teu balanço final em relação às aprendizagens das crianças? Fiquei um pouco curiosa em relação a estas questões uma vez que apenas descreves o projeto e não fazes referência aos resultados que obtiveste.
Mais uma vez felicito-te pelo trabalho que realizas-te.
Beijinhos


De filipa-almeida a 28 de Dezembro de 2012 às 00:08
Olá Dominique!
Gostei bastante da tua atuação, na medida em que tal como conseguiste cativar a atenção dos alunos, também eu própria fiquei entusiasmada.
Foi interessante ver a forma lúdica e prática como abordaste alguns conceitos relacionados com a multiculturalidade, cativando assim o interesse da turma.
Refletindo bem, foi uma longa viagem que fizemos em conjunto, percorrendo os vários continentes e no fim o que perdura é a sabedoria. Todos ficámos a conhecer vários aspetos de diferentes culturas.
Algo que gostaria de salientar foi o último dia, nomeadamente a aula de Capoeira. Esta foi sem dúvida, uma atividade bem sucedida, na medida em que, todos os alunos estiveram interessados e tiveram a oportunidade de participar. No meu entender, o facto de esta se estender a toda a escola foi um aspeto positivo dado ser uma atividade prática, na qual todos os alunos colaboraram com bastante entusiasmo.
Para terminar, gostaria ainda de referir, que de uma maneira geral, as atividades realizadas foram interessantes, proporcionando aos alunos conhecer diversos aspetos relativos a diferentes culturas pois, como tu referes e concordando contigo, só conhecendo é que as poderão respeitar.
Parabéns pelo teu trabalho, penso que foi bem conseguido!
Beijinhos da tua colega de estágio Ana Fernandes ***


De cristiana-amorim a 29 de Dezembro de 2012 às 13:21
Olá Dominique!

Desde já, queremos dar-te os parabéns pelo projeto que desenvolveste durante este tempo de intervenções.
Consideramos que a questão das diferenças raciais e culturais é cada vez mais uma temática evidente na sociedade que vivemos. Muitos dos contextos educativos com o qual contactamos compreendem uma heterogeneidade de culturas e raças e, como tal, devemos atender a este aspeto e saber responder-lhe da melhor forma possível. É essencial que desde cedo as crianças conheçam a diversidade racial e cultural para puderem aprender a respeitá-la.
Embora o tempo tenha sido escasso e tendo em conta os diversos aspetos que gostarias de ter focado e não focaste ou focaste de forma superficial, parece-nos que conseguiste, de uma maneira sucinta mas abrangente, dar a volta ao mundo com o grupo de crianças. A cada sessão foste conseguindo transportar as crianças para um lugar diferente, dando-lhe a conhecer as formas de viver desse lugar.
Concordamos contigo quando referes a falta de tempo como um entrave a melhores abordagens. No entanto, achamos que a tua abordagem permitiu ultrapassar esta dificuldade.
Gostaríamos apenas de saber um pouco acerca de como é que as crianças se demonstraram ao longo das tuas intervenções. Que evidências davam de estar ou não a gostar das atividades que propuseste.

Bom trabalho =)

Beijinhos

Sónia e Cristiana


Comentar post

Autores
Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
17
19

24
25
26
27
28

29
30
31


tags

todas as tags

subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post