Blog da UC de Gestão de Comunidades de Aprendizagem online
pesquisar neste blog
posts recentes

Balanço final do trabalho por projeto

Balanço do Projeto de Intervenção

Balanço Geral

As decorações do Natal

Reflexão Intermédia

O Diário de Turma e o Conselho de Turma!

A importância do estágio supervisionado para a formação de professores

Alguma angústias e preocupações durante a prática pedagógica

Estratégias !

Momento de autonomia das crianças

arquivos

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

participar

participe neste blog

Terça-feira, 18 de Dezembro de 2012
As nossas intervenções - 4.ª, 5.ª e 6.ª semanas

Olá a todas!

Neste post iremos dar-vos a conhecer mais um pouco das nossas intervenções. 

A quarta semana de intervenção decorreu de 5 a 7 de novembro e a temática geral a explorar com as crianças foi os Animais. Por um lado, consideramos pertinente este tema porque segundo as Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar [OCEPE] (1997) este é um conteúdo passível de abordar com as crianças. Por outro lado, trata-se de um tema do quotidiano das crianças promovendo-se, assim, aprendizagens mais significativas para as mesmas. Beneficiando do conteúdo da história contada, consideramos pertinente fazer uma breve abordagem às normas/regras de segurança rodoviária, contemplando alguns dos sinais de trânsito. Segundo as OCEPE importa uma educação para a cidadania desde tenra idade pressupondo a aquisição de “conhecimentos e atitudes […] através da abordagem de temas transversais, tais como, […] a educação para a prevenção de acidentes” (p. 55). Realizámos um conjunto de atividades relacionadas com esta temática, a saber, a animação de leitura da história “Porque é que os animais não conduzem?”, a atividade “Porque é que o meu animal preferido não conduz?”, a atividade “Explorando a diversidade de animais”, a construção de automóveis e de alguns sinais de trânsito, a Canção "Segurança para todos" acompanhada de guitarra e a realização de um percurso com automóveis e sinais de trânsito.

Consideramos que as atividades propostas para esta semana promoveram o interesse e o entusiasmo das crianças, visto que, estas tinham uma componente lúdica e prática. Importa referir que o facto de termos levado animais para a sala possibilitou uma melhor observação dos mesmos e das suas caraterísticas físicas e, para além disto, permitiu captar melhor a atenção das crianças para a atividade em questão.

Na construção dos carros e sinais de trânsito as crianças demonstraram-se muito empenhadas e motivadas, sendo que a atividade do percurso permitiu percebermos se as mesmas tinham compreendido as regras e sinais de trânsito abordados. Durante esta atividade as crianças estiveram muito participativas, querendo repetir a atividade várias vezes o que é um bom indicador do sucesso da mesma.

A quinta semana de intervenção decorreu de 12 a 14 de novembro e a temática geral a explorar com as crianças foi as Preocupações e os Medos. Optámos por este tema uma vez que se encontra presente no quotidiano das crianças dado que estas também têm as suas preocupações e medos. Concretizámos diversas atividades, tais como, a animação de leitura da história “As preocupações do Billy”, a atividade experimental “O ar existe!” e a construção de bonecos das preocupações.

A partir desta história conseguimos perceber alguns dos medos e preocupações das crianças e dialogar sobre os mesmos. Tal como o personagem da história todas as crianças tinham medos e preocupações e, por isso, construímos bonecos das preocupações para cada uma das preocupações e medos das crianças, assim as crianças já não tinham com que se preocupar.

O personagem da história – Billy – passou a ser um grande amigo de todas as crianças sendo que o mesmo foi enviando cartas às crianças em que contava as suas preocupações e lhes pedia ajuda para ultrapassá-las.

A sexta semana de intervenção decorreu de 19 a 21 de novembro e a temática geral a explorar com as crianças foi os Sentimentos e as Emoções. Optámos por este tema uma vez que se encontra presente no quotidiano das crianças dado que estas expressam emoções diferentes desde cedo. Importava através das atividades ajudar as crianças na identificação, compreensão e expressão das suas próprias emoções bem com, na distinção entre as emoções básicas nelas próprias e nos outros. Para tal, realizámos um conjunto de atividades relacionadas com esta temática, nomeadamente, a animação de leitura da história “Como te sentes?”, o Jogo das Emoções, a atividade experimental “O ar tem peso!”, a atividade “Como me sinto hoje?” e a atividade experimental “O ar ocupa espaço!”.

A forma como animamos a história desta semana – recurso a fantoches - permitiu captar melhor a atenção e o interesse das crianças para a mesma. Sendo que no final do conto da história, as crianças quiseram ser elas próprias a manipular os fantoches.

Durante esta semana explorámos os sentimentos e as emoções das crianças com recurso à caixa das emoções – Uma caixa cheia de emoções. Através das diversas atividades propostas abordámos as quatros emoções básicas com as crianças, no sentido de as mesmas perceberem que há momentos em que estamos felizes, outros em que nos encontramos tristes, outros em que ficamos “furiosos” e outros em que temos muito medo. Através do jogo das emoções conseguimos perceber se as crianças tinham compreendido as emoções abordadas. Assim que seja possível daremos mais notícias relativas às nossas intervenções.

 

Bom trabalho =)

Sónia e Cristiana 

 


tags: , , , , , , , ,

publicado por soniamaia às 14:54

2

De t-soraia a 31 de Dezembro de 2012 às 11:23
Olá Sónia e Cristiana!
Com já conheço uma boa parte desse grupo de crianças, de facto posso confirmar o sucesso que a temática relativa aos animais tem junto das mesmas. Na altura em que me encontrava a estagiar nesse contexto também planifiquei uma semana de intervenção tendo como base o tema "Animais". Foi um sucesso, uma vez que é um tema concreto e pelo qual as crianças demonstram (quase sempre) extremo interesse. O que pode ser confirmado, a meu ver, através dos vossos relatos também.
Achei bastante interessante terem trabalhado à volta do tema "Medos e Preocupações". Realmente é um tema bastante próximo de todas as crianças e penso que nem sempre lhe é dada a importância e o enfoque devido. Nestas idades é normal que as crianças possuam, principalmente, alguns medos e o facto de falarem deles é um passo para os superarem. Ao falarem e partilharem os seus medos com os seus amiguinhos e com os adultos, mais facilmente conseguirão enfrentá-los e, quem sabe, perceber que, por vezes, nem precisamos ter medo. Existe uma expressão que é algo do género "só temos medo daquilo que não conhecemos". Realmente o desconhecido pode muito bem ser sinónimo de medo e inquietação, e com crianças tão pequenas, quanto mais cedo trabalharmos estas questões, mais hábeis elas serão para se "defender".
Achei também muito engraçado a atividade de construção de bonecos dos medos e preocupações. Parece-me um conceito interessante, podendo ser uma forma concreta de as crianças canalizarem as suas angústias face aos medos e às preocupações que possam sentir, sendo até uma forma de as gerir.
Em contexto de pré-escolar (e no 1º ciclo também), o fator surpresa é sempre algo estimulante e que cativa facilmente as crianças, deixando-as curiosas. Por esse motivo penso que o facto de colocarem a personagem de uma história a enviar cartas ao grupo, solicitando-lhe a sua ajuda para a resolução dos seus conflitos é de grande motivação para as crianças, deixando-as extremamente implicadas na atividade!

Parabéns pelo bom trabalho!

Beijinhos,
Tânia


De soniamaia a 31 de Janeiro de 2013 às 19:15
Olá Tânia!
Obrigada pela tua opinião positiva em relação ao trabalho que desenvolvemos. =)
Na realidade a semana em que abordámos a temática dos animais foi uma das que mais gostámos (é claro que gostámos de todas mas há sempre aquelas que se tornam mais marcantes). Foi realmente um sucesso as atividades que concretizámos com as crianças. As crianças demonstraram muito interesse, entusiasmo, empenho em todas elas. Consideramos que a forma como planificámos as diversas atividades se revelou uma mais-valia para o sucesso das mesmas junto das crianças.
Relativamente à temática “Medos e Preocupações” consideramos que a sua abordagem permitiu atenuar e ultrapassar alguns dos medos e preocupações que as crianças tinham, dado que todos (pequenos e graúdos) temos medos e preocupações e não há que ter vergonha de dizê-lo.
Durante esta semana abordámos esta questão de uma forma lúdica tentando que as crianças chegassem à conclusão que, muitas vezes, é tudo fruto da nossa imaginação e que, por isso, devemos ter “a coragem e a valentia” de ultrapassar todos esses medos.
Relativamente à atividade de construção dos bonecos das preocupações este partiu do imaginário da história desta semana “As preocupações do Billy”. Nesta história o Billy fazia bonecos das preocupações para as suas próprias preocupações e, desta forma, os bonecos preocupavam-se por ele. Neste sentido, propusemos às crianças que, tal como o amigo Billy, também construíssem os seus próprios bonecos das preocupações e lhes contassem as mesmas. À medida que as crianças iam terminando a sua tarefa íamos dialogando com as mesmas acerca do seu boneco e da sua preocupação. No final desta atividade as crianças revelaram já não estarem tão preocupadas. =)
O personagem da história supracitada tornou-se o elemento de ligação entre algumas das atividades posteriores. Nas diversas cartas que o Billy enviava às crianças este contava as suas preocupações e pedia-lhes ajuda para ultrapassá-las. Cada vez que as crianças recebiam uma nova carta demonstravam-se muito interessadas em saber o que o Billy lhes dizia e muito empenhadas e implicadas em solucionar o seu novo problema.

Nota que:
Os bonecos das preocupações são o símbolo deste álbum que nos abre a porta para outra cultura. Desde há muito que as crianças da Guatemala os fabricam com palitos e pedaços de tecidos e fios. Quando estas vão dormir contam-lhes as suas preocupações e poem-nos debaixo da almofada, de forma a acordarem, no dia seguinte, sem inquietações.

Bom trabalho =)
Sónia e Cristiana


Comentar post

Autores
Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
17
19

24
25
26
27
28

29
30
31


tags

todas as tags

subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post