Blog da UC de Gestão de Comunidades de Aprendizagem online
pesquisar neste blog
posts recentes

Balanço final do trabalho por projeto

Balanço do Projeto de Intervenção

Balanço Geral

As decorações do Natal

Reflexão Intermédia

O Diário de Turma e o Conselho de Turma!

A importância do estágio supervisionado para a formação de professores

Alguma angústias e preocupações durante a prática pedagógica

Estratégias !

Momento de autonomia das crianças

arquivos

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

participar

participe neste blog

Sexta-feira, 30 de Novembro de 2012
Participação Infantil - Projeto de Seminário

Neste post queremos dar-vos a conhecer o trabalho que temos vindo a realizar no âmbito do projeto de seminário.

A nossa temática está inserida na convenção dos direitos das crianças, incidindo concretamente na participação infantil. No início foi um pouco difícil para nós saber o que realizar dentro desta temática, primeiramente porque teríamos de desenvolver o projeto no âmbito do pré-escolar, e em segundo lugar porque nos deparamos com um contexto onde as crianças tinham voz ativa em tudo o que acontecia na sala. No início pensamos que iria ser difícil criar um projeto interessante e motivador uma vez que as crianças já tinham um nível de participação, para nós, fora do vulgar. Com o decorrer do período de observação deparámos-mos com um problema que se repetia constantemente na sala, que eram os conflitos entre as crianças. Começamos a perceber que ainda existiam alguns valores, necessários ao bom funcionamento de um grupo, que ainda não estavam devidamente presentes, como por exemplo, a importância de partilhar, de ser generoso, de ser afetuoso, e de não levar brinquedos que não lhes pertencem para casa.

Perante esta problemática optamos por nos dividir em dois projetos, um projeto que se centra em sessões de filosofia para crianças, desenvolvido pela Liliana, onde através de pequenas histórias são abordados e trabalhos os valores que achámos ser necessários ao bom funcionamento do grupo. Estas sessões são realizadas em pequenos grupos, onde apos ouvirem a história as crianças são questionadas sobre o que ouviram e onde têm de realizar algumas tarefas, em que se tentam colocar no lugar das personagens.

Relativamente ao meu projeto, este centra-se essencialmente no jogo. Decidi pegar nos valores que são trabalhados nas sessões de filosofia e traspô-los para um jogo, onde as crianças perante determinadas situações têm de por em pratica aquilo que aprenderam anteriormente.

O projeto tem corrido muito bem, as crianças participam de uma forma ativa e entusiasmada em todas as fases, estando sempre na expetativa do que virá a seguir.

De uma forma divertida e dinâmica acabamos por dar dicas às crianças de como resolverem os seus conflitos.  

Bom trabalho para todas e não se esqueçam é a brincar que as crianças mais aprendem!

 

Cláudia e Liliana


tags: ,

publicado por claudiarmarques às 21:33

De amramos a 3 de Janeiro de 2013 às 23:00
Olá Cláudia e Liliana!
Consideramos, de facto, que o tema da participação infantil não é fácil de abordar, uma vez que exige da parte do educador um posicionamento de escuta, de flexibilidade e de tempo para com a criança. E foi precisamente por terem tido estas dimensões em conta que conseguiram conceber uma abordagem que consideraram a adequada para os vossos meninos.
Assim, a vossa opção pelo tema filosofia para crianças chamou-nos a atenção, porque perece-nos ser diferente e ousada, uma vez que associamos filosofia a um nível de abstração que pode não ser muito fácil de trabalhar com a criança. No entanto, ao integrarem estratégias lúdicas e concretas amenizam esse aspeto.
Portanto, segundo conseguimos perceber, no projeto da Liliana existe o trabalho em torno de valores que são introduzidos pela história e pelas respetivas tarefas. Gostaríamos que clarificassem melhor esta estratégia, dando um ou outro exemplo concreto das tarefas que propunham às crianças.
Referiram, ainda, que a Cláudia desenvolvia jogos tendo como pano de fundo os valores trabalhados. Questionamos se as tarefas que a Liliana desenvolvia com as crianças não se aproximariam do que se considera um jogo ou se teriam uma tónica diferente? Em que medida?
Gostaríamos de saber, por último, se no fim do vosso projeto observaram diferenças nos comportamentos das crianças, tendo em conta a descrição inicial que fizeram dos seus comportamentos menos adequados.
Beijinhos e bom trabalho,
Alexandra e Ana Catarina


Comentar:
De
Nome

Email

Url

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados



Email

Password


Este Blog tem comentários moderados


Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Autores
Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
17
19

24
25
26
27
28

29
30
31


tags

todas as tags

subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários